Ano letivo

Em maio do ano passado eu contei para vocês que estou estudando para tirar um mestrado. Contei todo o drama envolvido, os atrasos em começar a estudar, mas não sei se, uns meses depois, eu cheguei a comentar que, ano passado, eu reprovei na prova que fiz.

Isso acabou comigo. Fiquei super chateada, porque achava que tinha ido bem na bendita prova.

Mas às vezes a gente tem que levar um pé na bunda para acordar e se empenhar mais.

Então em janeiro desse ano eu voltei a estudar, e ao invés de só estudar para um módulo somente, resolvi estudar para dois. Olha, eu estudei. Sentava minha bunda nessa cadeira onde estou agora, e ficava de duas a três horas por dia lendo o material. Foi assim até junho.

Refiz a prova e, dessa vez, eu passei! Aliás, passei nas provas dos dois módulos. Que satisfação!

Se eu tivesse reprovado novamente, isso seria o fim. Eu teria perdido todo o dinheiro que tinha investido, pois a universidade só deixa tentar a prova duas vezes.

Agora que passei, eu posso continuar o curso, e já paguei os dois próximos módulos.

A ano letivo começou três dias atrás e dessa vez vou começar a estudar em outubro, porque minha experiência desse ano, começando em janeiro, faltou tempo e me estressou um pouco ter que correr para terminar de ler os módulos à tempo da prova.
Tendo mais tempo para me preparar, será mais calmo e poderei fazer mais pausas. Afinal, ninguém é de ferro.

Hoje, como estou de molho em casa com um resfriado (minha chefe me mandou pra casa e disse: não volte aqui enquanto não melhorar e páre de infectar teus colegas), resolvi começar a ler o material do primeiro livreto.

Ao escrever a data no meu caderninho de anotações, tive uma sensação estranha ao escrever 2019.

2019? Novo ano letivo? Mas eu estudei o material do ano passado em 2019? Como pode 2019 ser novo ano letivo?

Meu, foi uma sensação muito estranha. MUITO ESTRANHA. Minha mente deu um nó. Aparentemente meu cérebro ainda se lembra do procedimento brasileiro. Novo ano letivo é no novo ano. Começa em fevereiro e vai até dezembro. Certo?

Como pras bandas de cá, assim como no Brasil, o ano letivo começa depois das férias de verão, a coisa complica. O verão é julho-agosto, então o ano letivo começa em setembro-outubro.

Acho muito estranho começar um novo ano no mesmo ano. Entende?

Bom… a sensação foi tão esquisita, que tive que vir aqui no blog desabafar.

Esta entrada foi publicada em Desabafos. ligação permanente.

2 Responses to Ano letivo

  1. Dançarino de Frevo diz:

    Hahaha, mestrado é, minha linda querida tambem vai tentar mestrado.
    Realmente é estranho o ano começar quase no meio do ano coisa de gente loca, deve ser calendário viking, hehehehe.
    e Feliz Aniversário, não esqueci só não tinha como mandar, tentei via e-mail mas não consegui achar o teu email. tudo de bom

Responder a Dançarino de Frevo Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *