Política da sobremesa

Na Dinamarca, todas as perguntas recebidas nos ministérios devem ser respondidas, até mesmo quando a pergunta é de uma criança de cinco anos de idade.

Diz o notíciário hoje:
Thorning-Schmidt giver grønt lys for mandags-dessert – metroXpress - Mozilla Fir_2012-12-20_19-16-48A primeira-ministra dá permissão para comer sobremesa nas segundas-feiras.

Thorning-Schmidt, a primeira-ministra na Dinamarca responde à pergunta de uma criança de 5 anos, que escreve para o ministério e pergunta se é permitido comer sobremesa todos os dias.

Não, escreve Helle Thorning-Schmidt, mas pode-se comer sobremesa nas segundas-feiras.

A cartinha dele dizia (segundo DR.dk):

Olá primeira-ministra

Eu me chamo David e tenho 5 anos. Meu pai me ajuda a escrever para você. Você acha que eu devo comer sobremesa todos os dias? Porque eu acho que uma pessoa não precisa comer saudável todo santo dia, que uma pessoa também pode comer insalubre, certo? Meu pai acha que uma pessoa não deve comer insalubre nas segundas-feiras.

Uma abraço de David (e Sebastian, pai de David)

(Para quem não lembra, insalubre quer dizer que é prejudicial à saúde. Não achei tradução melhor.)

Na sua resposta a primeira-ministra diz que não é certo comer sobremesa todos os dias.

»Eu acho que seu pai e eu estamos de acordo, que não é saudável comer sobremesa todos os dias.«

E ela explica que não tem nada de errado em mudar a sobremesa para um dia de semana:

»Claro que algumas vezes pode-se fazer uma excessão para as coisinhas doces. Não é mais insalubre comer sobremesa nas segundas-feiras do que aos domingos. Então eu não vou me intrometer nesse assunto. Quem sabe vocês mesmos encontrem uma solução?«

De acordo com a tv dinamarquesa, DR.dk, a família ficou contente com a resposta:

»Viva! que uma criança também recebe resposta para as coisas que passam por sua cabeça, e viva! pela resposta pragmática da primeira-ministra, uma resposta que está inteiramente de acordo com aquilo que eu desejo como um pai. Me deixa feliz ver que a voz do meu filho também é ouvida na nossa democracia, quando algo deve ser correto, independente da pergunta, mesmo quando esta pergunta parece ser uma bobagem extrema aos olhos de um adulto«

Diz o pai para DR.dk.

Esta entrada foi publicada em Coisas da Dinamarca. ligação permanente.

15 Responses to Política da sobremesa

  1. Odorico Paraguaçu diz:

    Ahh essa cartinha aqui no Brasil hein, iam limpar o C$#@ com ele, hehehe

  2. Odorico Paraguaçu diz:

    Feliz 21 de DEZEMBRO 2012, uhúúúú, que venha a desgraça, hehehehe

  3. Manoela diz:

    Muito bacana!!
    Ela se saiu bem na resposta! hahah

    Isso é bacana porque introduz a criança na política de forma natural. Muito interessante.

    Todos os políticos deveriam responder qualquer pessoa, afinal estão prestando um serviço ao povo. Mas…

    • Cristiane diz:

      Verdade. Mas ela está lascada agora. O que vai ter de criança escrevendo para o ministério daqui pra frente! hahaha

      Ela é a primeira primeira-ministra da história da Dinamarca. Todos os outros foram homens. Brasil e Dinamarca andam como carne e unha nesse sentido.
      Eu ouvi dizer que a ministra tem feito algumas coisas diferentes e escutando os cidadãos. Por exemplo, um grupo de jóvens perguntou se poderiam conversar cara-a-cara com a primeira ministra. Ela concedeu 10 minutos para o grupo e foi encontrá-los no bairro deles. Pelo que eu ouvi um deles falou sobre alguns problemas enfrentados devido a nova legislação para motociclistas.

  4. Gabriela diz:

    Que lindo!

  5. Gabriela diz:

    Gostei do que o pai respondeu, muito bonito!

  6. Pingback: Rainha 8.0 | Cris.dk

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *