Magnata

Você se lembra dessa moça aqui?

E o velhinho simpático atrás dela, você conhece?

Pois é, segunda-feira passada foi o aniversário de 72 anos dela, a rainha da Dinamarca, mas um outro acontecimento roubou a atenção toda.

O velhinho atrás dela é amigo da família real há muitos anos. A amizade vem desde a época que o pai dele vivia. Dias antes do aniversário da rainha informaram que ele não participaria da comemoração porque estava muito fraco.

Coisa rara. Com 98 anos anos ele estava com ótima saúde, lúcido e todos os dias da semana ia para a empresa da família e por ser o acionário majoritário da empresa, ele ainda era consultado para decisões que teriam maior impacto.

Eis que no dia do aniversário, já de manhã, informaram que o velhinho faleceu. A Dinamarca inteira só fala nisso desde segunda-feira até ontem, sábado, quando foi o enterro.

A rainha que adora cores vibrantes, no dia do aniversário foi na sacada do castelo para acenar para o povo, como ela sempre faz em datas comemorativas, mas dessa vez ela estava usando um casaco preto.

A mídia especulou se ela vestiu preto em respeito à morte do amigo. É claro que o pessoal de relações públicas da família real nega de pé junto e diz que a escolha da roupa foi aleatória.

Mas por que falam tanto nesse velhinho? Você não o reconheceu?

Ele é um verdadeiro magnata e, aqui na DK, muito conhecido por suas doações, projetos filantrópicos e afins. Até o dia de sua morte, ele era considerado o homem mais rico da Dinamarca.

A empresa da família dele, foi fundada por seu pai, mas ele a gerenciou por mais de 50 anos, foi até o ano passado a maior empresa da Dinamarca – não em tamanho mas em renda. Esse ano a empresa dele foi ultrapassada pela empresa onde eu trabalho!

Eu dei uma vasculhada nos sites brasileiros e fiquei um pouco desapontada ao ver que a mídia brasileira nem comentou a morte do nosso velhinho carismático. Só achei uma nota pequena num jornal de economia. Será que o Jornal Nacional não comentou a morte dele?

Nosso velhinho se chama Maersk Mc-Kinney Möller. Esse nome gringo parece até de escocês, mas ele é dina.

A AP Möller-Maersk, a firma dele, é muito conhecida. Você certamente já viu um container, ou um navio ou caminhão com o nome da empresa.

O enterrro dele deve ter sido uma coisa doutro mundo. Vi que colocaram a bandeira da DK sobre o caixão, o que é uma grande honra. Claro que as celebridades apareceram em massa num enterro desses. Até a rainha foi.

Eu fiquei triste ao escutar a notícia. Ninguém vive para sempre, eu sei, mas vi uma vez uma matéria, onde ele mostrava o sapato que gostava de usar. Era um sapato muito caro mas que ele tinha há muitos anos. Era realmente coisa de qualidade. Achei ele tão simpático e querido na entrevista.

A sepultura da família num cemitério aqui no centro está mais bem cuidado que o meu jardim. Lugar realmente idílico e que passa uma paz só de olhar.

Esta entrada foi publicada em Coisas da Dinamarca, Família real. ligação permanente.

10 Responses to Magnata

  1. Manoela diz:

    Não conhecia, não saiu nada aqui.
    Mas um fato sobre o Jornal Nacional: fiquei sabendo que o Willian Bonner chama os telespectadores do jornal de Homer (Simpson), pelo perfil dos próprios (segundo ele!).

    Não entendi. Qual seria o problema ela estar usando preto em consideração ao Maersk Mc-Kinney Möller?

    Agora olharei com outros olhos os containers. 🙂

    • Cris diz:

      Telespectadores são Homer? Eu não sou muito fã de Simpsons mas o Homer é um bobalhão, certo?
      Como é que vc ficou sabendo de uma fofoca dessas? Não vai me dizer que são aquelas revistas que a vó lê?

      O problema da rainha estar usando preto em consideração ao Maersk? Eu não sei com certeza, mas acho que é política. Ela tem que ser imparcial e o Maersk não estava ligado à família real. Acho eu, mas vai saber…

  2. Aroldo, pé de repolho diz:

    Que babado, hehehe

    Nunca fui com a cara de Willian Bonner (Homer Simpons), hehe, péssima notícia, é por isso que gostava da zebrinha (coluna do meio)

  3. Manoela diz:

    Não lembro onde vi, mas certamente não foi nas revistas da vó.

    Aqui tem a resposta do Bonner:
    http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u55781.shtml

    O artigo:
    http://intensivo.wordpress.com/2009/11/05/de-bonner-para-homer/

    Coitada da rainha, tem que explicar até um espirro que der…

    • Manoela diz:

      Eu nem tinha visto a resposta dele, encontrei procurando o outro.

    • cris diz:

      Só esse comentário hoje. O blog tinha segurado como spam! rs
      Acho que vou ter que reler o artigo número 1 com mais calma para entender melhor.
      Será que tudo isso foi um mal entendido ou o Bonner, depois de ver a consequencia de seu comentário resolveu dar uma de joão-sem-braço?

  4. Manoela diz:

    Nunca saberemos. rs
    Mas eu acho que deu uma de João sem braço. Se ele falasse apenas do Lineu, ainda vá lá… mas o Homer? Sei não… heheh

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *