Grécia – Aventura 3 – Kefalonia

Deixa eu contar o que me aconteceu ontem.
Nos últimos três dias, o carro que aluguei estava custando a ligar. Normalmente os carros que as companhias alugam são tão modernos, que você aperta um botão e o carro liga. Mas esse carro que me deram é das antigas. Liga com a chave na ignição. Beleza. Mas volta e meia eu percebia que o carro estava custando a ligar, e eu começava a rezar para que não fosse problema de bateria.

Estou eu em Kefalonia, e vai pra cima e pra baixo de carro para conhecer a ilha e visitar os lugares legais, como por exemplo:

Caverna Melissani. É um lago com caverna subterrâneo. Muito maneiro.

Mas no dia da minha aventura, eu estava a caminho da praia de Myrtos. Antes de chegar lá eu queria ver uma outra caverna que ficava no caminho. O Google Maps me largou no meio de um vilarejo, dizendo “é aqui”. Doido.
Então comecei a caçar tudo quanto é placa para ver se eu entendia onde era essa outra praia com caverna.

De repente vejo uma placa bem pequena dizendo que era por um caminhozinho de terra estreito. Eu achei que esse era o caminho e na cara e coragem, coloquei o carro naquele chão de terra e pedra. Para ter uma ideia, a rua era tão estreita, que não passariam dois carros e não dava para dar meia-volta.

Uns 200 metros adiante, vejo que a estrada estava interditada por uma porteira, e uns bodes passeando por ali. A porteira era algo bem rudimentar que alguém colocou no meio da estrada e ainda deixaram uma blusa pendurada nela. Aquilo não era oficial, mas também não dava para ir adiante.

E agora? Vou tentar dar meia-volta fazendo mil manobras até virar o carro? Gente, no meio da manobra deixei o carro morrer e ele não queis mais ligar.

Eu, no meio do nada. Não tinha nem como explicar para um guincho onde eu estava.
Pânico.

E o carro nada de querer ligar. Achei que a bateria tinha morrido de vez.

Telefonei para a locadora e expliquei a situação. A mulher, muito calmamente, me diz para tirar o capacho do lado do condutor, e para pisar na embreagem enquanto eu virava a chave na ignição. Pum. Mágica, o carro ligou.

Fiquei tão contente que disse para a mulher bem assim: I LOVE YOU, THANK YOU!!!

Depois disso não tive mais problemas para ligar o carro. Aparentemente tem que pisar na embreagem para ele ligar. Eu nunca tinha visto disso antes.
Só não entendi o porquê de tirar o capacho.

Depois de sair daquele caminho, vi logo em seguida a estrada correta para a caverna, mas desisti. Passei tanto nervoso, eu no meio do nada, ninguém por perto, que minha energia tinha se esgotado. Decidi tocar viagem para Myrtos. E valeu. A paisagem foi muito bonita.

This entry was posted in Viagens. Bookmark the permalink.

3 Responses to Grécia – Aventura 3 – Kefalonia

  1. Cabeça Disneyssauro says:

    Pisar na embreagem, hahahaha coisa de doido (ops) e não é que faço isso, virou costume toda vez qe entro no carro já piso na embreagem, hehehehe
    O lugar é realmente muito bonito, seria bacana se fosse captada em vídeo, tira uma foto do carro, se tivesse essa oportunidade a cada 2 meses ficar viajando cada dia ia ser umas 5 mil fotos, hehehehe, (é só sincronizar no catavento)
    Mas essa do carro não ligar imaginei o desespero 😛

  2. Cris says:

    Eu tirei uma foto do carro. Quando eu voltar pra casa eu coloco uma seleção das melhores fotos no blog.

    Viajar a cada dois meses é muito legal. Eu estou no momento na onda de viajar a cada três meses. Mas a economia durante os três meses é ferrada. 🙂

    • Cabeça Disneyssauro says:

      Acho tudo isso muito sensacional, viajar a cada 2 ou 3 meses, vou ver se consigo fazer o mesmo a cada 10 ou 20 anos pelo visitar curitiba, pq está dificil, hehehehe

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *