Hamburguesa

Encontrei uma antiga colega ontem e queríamos comer um hambúrguer. Fomos na lanchonete de um cara espanhol, aqui pertinho, e pedimos uma “hamburguesa” (que no nosso país varonil chamaríamos de “xis”: x-bacon, x-salada, x-burguer), mas ele disse que a chapa estava desligada e que não dava para fazer o x-burguer pra gente.

Desoladas e com vontade de comer algo quentinho, passamos por dois restaurantes que serviam comida oriental (um arrozinho e mistura com leite de coco também cairia bem), mas os dois só iam abrir mais tarde, bem mais tarde.

Tive então a brilhante ideia de irmos numa lanchonete miniatura, que só tem duas mesas e só serve hambúrguer. Eles chegaram a ganhar o prêmio de melhor hambúrguer do ano porque a qualidade é realmente boa: pão quentinho feito artesanalmente, hambúrguer de 300 g feito em casa, tudo fresquinho.

A única coisa que eles não ganharam prêmio ontem, foi no serviço. Eu fiz o pedido para nós duas, e o atendente tinha perguntas como: você quer bacon e queijo? você quer algum molho pras batatinhas-fritas. Enquanto eu estava respondendo, ele me interrompeu com a voz bem ríspida dizendo que estava perguntando para a minha amiga (em outras palavras, ele me mandou calar a boca).

Um pouco depois, quando um outro atendente trouxe os sanduíches, a minha amiga perguntou se ele podia trazer garfo e faca. O cara respondeu: não estou nem um pouco a fim de lavar louça.
Quando ele voltou, trouxe garfo e faca de plástico e as bebidas, e nem sequer nos trouxe copos. Serviu só as latinhas de refri (o que não é muito higiênico nessa época de covid).

Olha, eu já tinha sido mal-tratada em restaurante antes, mas em lanchonete, essa foi a primeira vez.

O que me consola, é que hoje de manhã eu me dei conta de que o atendente fez um erro de cálculo e me cobrou 10% a menos. E como eu paguei com um cartão conveniado que também dava desconto, acabei que paguei 20% a menos. Tomara que esse 10% saia do bolso do atendente. Gosto muito do x-bacon deles, mas por causa do atendimento de ontem, não volto mais lá! Quer saber o nome da lanchonete: Rumbles! Não recomendo!

Esta entrada foi publicada em Coisas da Dinamarca, Desabafos com as tags , , , . ligação permanente.

5 Responses to Hamburguesa

  1. Cabeça Disneyssauro diz:

    Adoro lanches, uns anos pra cá começou pipocar hamburgueria, tem uns que são saborosos mas muito caros, há um ano descobri uma lanchonete que tem o preço muito baixo e com a mesma qualidade e sabor dos lanches caros. hehehe muito gostoso.
    Os proprietários do Rumbles estão se achando hein, hehehe

    • Cris diz:

      Então esse tipo de lanchonete se chama hamburgueria. Eu não sabia.
      Na minha opinião, x-salada brasileiro é o melhor. Que saudade.

      • Cabeça Disneyssauro diz:

        Aqui não existe mais x-salada simples (só em bairros ou tradicional carrinho de cachorro quente, fazem x-salada, x-bacon, etc..) pq hamburgueria só carne nobre, molho chic, etc.) kkkk só pra meter a faca, mas é gostoso

        • Cris diz:

          Como que não existe mais x-salada! não pode isso! que tristeza.
          Essas hamburguerias não estão com nada. Caro demais e nem sempre é gostoso. Bom mesmo é o da rodoviária. kkkk

          • Cabeça Disneyssauro diz:

            Sempre vai existir, hehehe, só estou sendo um pouco dramático, na verdade hoje em dia querem fazer os hamburgues artesanais, molhos caros, tem um que colocam até nutella no lanche, hahahaha

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *