Bunda

Hoje me lembrei de uma música de funk cantada por Aretuza que se chama “Joga Bunda”. Diz assim: “ela joga a bunda”.

Se a letra da música fosse “ela mostra a bunda”, teria sido perfeita para mim. Eu mostrei a bunda pro vizinho.

Domingo de manhã, abri as cortinas para pegar um pouco de luz e fui fazendo minhas coisas. Esquentei um pouco de leite e fiz um nescau. Fiz a cama, chequei mensagens no celular e um pouco de Facebook, lavei o rosto e passei protetor solar, e aí resolvi tirar o pijama e colocar uma roupa de domingo para ficar em casa morgando.

Coloquei a roupa que eu ia usar sobre a cama, e antes de tirar o pijama, resolvi esticar o braço. Faz 3 meses que estou fazendo fisioterapia para o ombro, mas até agora não consigo esticar o braço. Tentei hoje para ver se tinha alguma melhora. Nenhuma. Muita dor, no entanto.

E não me lembro se eu estava sentada na cama quando tirei a calça do pijama ou se eu estava de pé, só sei que assim que troquei a calcinha, me deu uma vontade de olhar para trás.

Pela janela, vejo o vizinho na sacada dele, me olhando fixamente e rindo. Acho que ele não esperava ver uma bunda de manhã cedo enquanto fumava seu cigarrinho.

Eu ri, e fui fechar a cortina para eu poder terminar de me vestir.

Se você perguntar, por que eu não fui para outro cômodo para trocar de roupa? Porque eu agora moro num apartamento de um cômodo só. Só tem esse. Eu estava tão distraída, que simplesmente não me lembrei da cortina.

Esta entrada foi publicada em Cá entre nós. ligação permanente.

2 Responses to Bunda

  1. Cabeça Disneyssauro diz:

    Acho que vi um video na net de uma tarada que abre cortina para ficar mostrando o bumbum para homens que ficam em sacadas fumando cigarro, hehehe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *